ENTREVISTA COM MONICA LETICIA DE OLIVEIRA


Monica Letícia Oliveira*


Você trabalha em uma empresa no qual o nome é referência no segmento de fast-food. Acha que o marketing foi fundamental para solidificar o nome no mercado e torná-lo a marca que é hoje?


Claro, trabalhar com o marketing é fundamental para dar vida e manter uma marca. Foram anos de trabalho para consolidar no mercado e ter uma grande fatia dele. O marketing é fundamental em qualquer empresa, pois é a janela que olha o mercado e informa ao negócio de suas necessidades e tendências, condição básica para início da implementação da inovação. Seja qual for o setor, porte, condição financeira da empresa, é absolutamente necessário conhecer o mercado em que atua e saber onde pisa. Quanto mais conhecimento do mercado o empresário tiver, maior será o relacionamento com seus clientes e o grau de acerto nas inovações que fizer.O erro de muitas empresas é de estagnar e não buscar inovações.


Como você vê o mercado nos dias atuais?


(...)Não se pode ficar parado. Se isso acontecer é morte na certa. O mercado está cada vez mais competitivo e se não houver inovação, alguém inovará e sairá na frente.


Mas, mesmo se a marca for forte e tiver um grande pedaço da fatia?


Principalmente. Da mesma forma que ela conquistou essa fatia, ela pode perder também. A concorrência é grande e os consumidores estão cada vez mais exigentes.


Nos dias atuais, é comum falar sobre Sustentabilidade e Responsabilidade Social. Na sua empresa como trabalham com esses assuntos?


O McDonald's acredita que um mundo melhor depende de cada um de nós, e que o compromisso com a responsabilidade social é o principal caminho que cada empresa deve seguir para fazer a sua parte. No Brasil, a principal causa abraçada pelo Sistema McDonald's é a luta contra o câncer infanto-juvenil. Para apoiar esse trabalho, a empresa se envolve em diversas iniciativas, dentre as quais destaca-se a campanha McDia Feliz, que desde sua primeira edição, em 1988, arrecadou mais de R$ 30 milhões. Esse dinheiro foi repassado a instituições dedicadas à prevenção e ao combate do câncer entre crianças e adolescentes. Para atuar no combate ao câncer infanto-juvenil durante o ano inteiro, foi criado o Instituto Ronald McDonald, representação brasileira da Ronald McDonald House Charities (RMHC). O Instituto dedica-se particularmente a captar e destinar recursos (financeiros, equipamentos, materiais, conhecimento e humanos) às instituições brasileiras que assistem crianças e adolescentes portadores de câncer, tendo sempre em mente um objetivo ambicioso, mas viável: o aumento do índice de cura da doença no país. Esforço conjugado: Além dessas ações de envolvimento com a comunidade, o McDonald's mantém parcerias internacionais para a promoção de eventos locais, especialmente nas áreas de educação e esporte. Alguns exemplos de parceiros são a Walt Disney Company, o Comitê Olímpico Internacional (COI) e o Comitê Olímpico Brasileiro (COB). O McDonald's também apóia iniciativas sociais e ecológicas, por meio de parcerias com organizações não-governamentais (ONGs) e órgãos públicos. Entre os programas que contam com a participação da empresa, pode-se citar a Operation Smile, realizada com a Interplast, e as campanhas Praia Limpa, de Vacinação Infantil e do Agasalho.


Você acha que é mais difícil cuidar da imagem da marca quando se trabalha com franquias?


Realmente é mais complicado porque tem que ter toda uma fiscalização sobre os padrões exigidos para manter os restaurantes funcionando. Se alguma coisa dá errado em um restaurante e se espalha a informação, o consumidor ficará abalado e todos os outros restaurantes sofrerão.


Quando a rede de franquias Burguer King foi lançada em Goiânia, mais especificamente nos mesmos pontos em que há Mc Donald’s, tiveram algum receio de que pudessem perder o espaço para um concorrente que busca sempre inovações?


Receio não. O Mc Donald’s é pioneiro em inovações. Trabalhamos duro para que nossos clientes tenham sempre o melhor serviço.


Mas, o Free-refil foi uma inovação no fast-food. Mesmo assim não houve preocupação?


É! O free-refil foi uma inovação aqui, mas em alguns países o Mc Donald’s conta com esse serviço também. Mas se você reparar bem na nota fiscal pode ver que você paga R$ 7,00 por ele. Então não tem nada de graça.


Marketing é criar produtos para satisfazerem as necessidades e desejos dos consumidores. Como você vê que a marca Mc Donald’s atende essas necessidades e quais são elas?


As pessoas têm cada vez menos tempo para ficar na cozinha. A mulher além de mãe trabalha fora e nada mais prático que economizar o tempo. Não é necessário nem sair do carro. Por isso buscamos sempre prestar um serviço de qualidade e com agilidade.


Diante de tantos concorrentes, como buscam diferenciais para atrair novos consumidores?



Estamos sempre mudando. Novas campanhas, novos sanduíches. Buscamos parcerias com outras marcas para satisfazer os consumidores. O Mc Lanche Feliz por exemplo, atrai não só crianças pelos brinquedos que ele traz em cada caixinha e para que isso aconteça buscamos a exclusividade em nossos produtos.


E quais as estratégias para garantir que esses novos consumidores e os antigos continuaram lembrando e consumindo a marca Mc Donald’s?E


Creio que o pessoal do marketing trabalha muito para isso. Criam produtos novos . Nós, de cada franquia, temos que oferecer um bom atendimento para que nossos clientes continuem conosco e trazendo novos clientes também. Se você foi bem atendido e o produto agradou suas expectativas, você fará publicidade para seus amigos e eles poderão comprovar o que você disse. Além das propagandas, o boca-a-boca também é fundamental.


* Monica Letícia Oliveira – Gerente de um dos restaurantes Mc Donald’s Goiânia.


Contribuição: Soraya Pires, Graduanda do curso de Marketing da Faculdade Cambury.
Postado por Revista Rabiske

0 comentários:

Postar um comentário

Twitter

Quem somos nós

Diante da necessidade de um novo pensamento global e de uma nova geração de consumidores conscientes, foi desenvolvido o Move-Marketing. O movimento é a nossa marca, inovação é o nosso forte. Precisamos do nosso Planeta e juntos aprenderemos a sermos Sustentável, porque ainda é tempo de uma nova mudança.

Seguidores

Tecnologia do Blogger.